Artigos

SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA

 

Aplicação de cores conforme NR 26 – Portaria 3214-78

 

 

SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA

 

 

 

VERMELHO (C= 126.003-0/ = 2)

 

O vermelho deverá ser usado para distinguir equipamentos e aparelhos de proteção e combate e incêndio. Não deverá ser usada na industria para assinalar perigo, Por ser de pouca visibilidade em comparação com o amarelo ( de alta visibilidade) e o alaranjado         ( que significa Alerta).

 

-          Caixa de alarme de incêndios;

-          Hidrantes;

-          Bombas de incêndio;

-          Caixas com cobertores para abafar chamas

-          Extintores e sua localização

-          Indicações de mangueiras de incêndio (a cor deve ser usada no carretel, suporte, moldura de caixa ou nicho);

-          Baldes de área ou água, para extinção de incêndio;

-          Portas de saída de emergência;

-          Rede de água para incêndio;

-          Mangueira de acetileno (solda oxiacetilenica);

 

A cor vermelha será usada excepcionalmente com sentido de advertência de perigo:

 

Ø  Nas luzes a serem colocadas em barricadas, tapumes de construções e quaisquer outras obstruções temporárias;

Ø  Em botões interruptores de circuitos elétricos para paradas de emergência;

 

 

 

 

AMARELO (C=126.004-9/1=2)

           

            Em canalização, deve-se utilizar o amarelo para identificar gases não liquefeitos.

            O amarelo deverá ser empregado para indicar “Cuidado!”, assinalado:

-          Partes baixas de escadas portáteis;

-          Corrimões, parapeitos, pisos e partes inferiores de escadas que apresentam risco;

-          Espelhos de degraus de escadas;

-          Bordos desguarnecidos de aberturas no solo (poço, entradas subterrâneas etc) e de plataformas que não possam ter corrimões;

-          Bordas horizontais de portas de elevadores que se fecham verticalmente;

-           Faixas no piso de entrada de elevadores e plataformas de carregamento;

-          Meios-fios, onde haja necessidade de chamar atenção;

-          Paredes de fundo de corredores em saída;

-          Vigas colocadas a baixa altura;

-          Cabines, caçambas e gatos-de-pontes rolantes, guindastes, escavadeiras e etc;

-          Equipamentos de transportes e manipulação de material tais como: empilhadeiras, tratores industriais, pontes-rolantes, vagonetes, reboques etc;

-          Fundos de letreiros e avisos de advertência;

-          Pilastras, vigas, postes, colunas e partes salientes da estrutura e equipamentos em que se possa esbarrar;

-          Cavaletes, porteiras e lanças de cancelas;

-          Bandeiras como sinal de advertência (combinado ao preto)

-          Comandos e equipamentos suspenso que oferece risco;

-          Pára-choque para veículos de transportes pesados, com listas pretas;

-          Listras (verticais ou inclinadas) e quadrados pretos serão usados sobre o amarelo quando houver necessidade de melhorar a visibilidade da sinalização;

 

 

BRANCO (C=126.005-7/=2)

 

      O branco será empregado em:

-          Passarelas e corredores de circulação, por meio de faixas (localização e largura);

-          Direção e circulação, por meio de sinais;

-          Localização e coletores de resíduos;

-          Localização de bebedouros;

-          Áreas em torno dos equipamentos de socorro de urgência, de combate a incêndio ou outros equipamentos de incêndio;

-          Áreas destinadas á armazenagem;

-          Zonas de segurança;

 

PRETO (C=126.006-5/1=2)

 

O preto será empregado para indicar as canalizações de inflamáveis e combustíveis de alta viscosidade (ex.: óleo lubrificante, asfalto, óleo combustível, alcatrão, piche, etc).

O preto poderá ser usado em substituição ao branco, ou combinado a este quando condições especiais o exigem.

 

 

AZUL (C=126.007-3/1=2)

 

      O azul será utilizado para indicar “Cuidado!”, ficando o seu empregado limitado a avisos contra uso e movimentação de equipamentos, que deverão permanecer fora de serviço.

 

-          Empregado em barreiras e bandeirolas de advertências a serem localizadas nos pontos de comando, de partida, ou de fontes de energia dos equipamentos;

Será também empregado em:

 

-          Canalização de ar comprimido;

-          Prevenção contra movimento acidental de qualquer equipamento em manutenção;

-          Avisos colocados no ponto de arranque ou fontes de potencia;

 

            VERDE (C=126.008-1/=2)

 

O verde é a cor que caracteriza “Segurança”

            Devera ser empregado para identificar:

           

-          Canalização de água;

-          Caixas de equipamentos de socorro de urgência;

-          Caixas contendo mascaras contra gases;

-          Chuveiros de segurança;

-          Macas;

-          Fontes lavadoras de olhos;

-          Quadros para exposição de cartazes, boletins, avisos de segurança etc;

-          Porta de entrada se salas de curativos de urgência;

-          Localização de EPI, caixas contendo EPI;

-          Emblemas de segurança;

-          Dispositivos de segurança;

-          Mangueiras de oxigênio (solda oxiacetilenica);

 

LARANJA (C=126.009-0/1=2)

     

 

      O laranja devera ser empregado para identificar:

 

-          Canalizações contendo ácidos;

-          Partes móveis de maquinas e equipamentos;

-          Partes internas das guardas de maquinas que possam ser removidas ou abertas;

-          Faces internas de caixas protetoras de dispositivos elétricos;

-          Faces externas de polias e engrenagens;

-          Botões de arranque de segurança;

-          Dispositivos de corte, bordas de serras, prensas;

 

 

 

 

PÚRPURA (C=126.010-3/1=2)

     

            A púrpura deverá ser usada para indicar os perigos provenientes das radiações eletromagnéticas penetrantes de partículas nucleares.

      Deverá ser empregada a púrpura em:

 

-          Portas e aberturas que dão acesso a locais onde se manipulam ou armazenam materiais e equipamentos contaminados;

-          Recipientes de matérias radioativos ou de refugos de materiais e equipamentos contaminados;

-          Sinais luminosos para indicar equipamentos produtores de radiações eletromagnéticas penetrantes de partículas nucleares;

 

 

LILAS (C=126.011-1/1=2)

 

-          O lilás deverá ser usado para indicar canalizações que contenham álcalis.As refinarias de petróleo poderão utilizar o lilás para a identificação de lubrificantes.

 

 

            CINZA (C= 126.012-0/1=2)

 

a)      Cinza Claro

O cinza claro deverá ser usado para identificar canalizações em vácuo;

 

b)      Cinza Escuro

O cinza escuro devera ser usado para identificar eletrodutos;

 

ALUMINIO (C=126.013-8/1=2)

                       

O alumínio será utilizado em canalizações contendo gases liquefeitos, inflamáveis  e combustíveis de baixa viscosidade (ex. óleo diesel, gasolina, querosene, óleo lubrificante etc).

 

 

 

            MARROM (C=126.014-6/1=2)

 

O marrom pode ser adotado, a critério da empresa, para identificar qualquer fluído não identificável pelas demais cores.